Blog

Categorias
todos
Voltar
DICAS

4 passos para evitar o baixo faturamento do seu escritório de Arquitetura

30.10.2018 - Autor: Quartos e etc.

Precisa de soluções para alcançar o resultado esperado no faturamento? Veja como planejar o crescimento da sua empresa e sair do vermelho!

O baixo faturamento do seu escritório de Arquitetura tem tirado o seu sono? Leia neste artigo 4 passos importantes para você conquistar novos projetos, ter uma melhor organização financeira da empresa e alcançar mais lucros. Confira:

Passo 1: regularize-se.

Se você tem um escritório de Arquitetura, mas, formalmente, não possui firma aberta, o primeiro passo para entrar nos eixos é regularizar esta situação.

Você pode fazer isso de duas formas: abrindo uma empresa ou optando por ser um profissional autônomo, que emite o RPA (Recibo de Pagamento Autônomo). Porém, se o seu trabalho é voltado para o mercado B2B  (Business to Business), a primeira opção é a mais recomendada, pois muitas organizações colocam empecilhos em aceitar o RPA. Assim, o cenário mais indicado, tanto para negócios B2B, quanto B2C, é investir na abertura da empresa.

Passo 2: defina o modelo de negócio do escritório.

Definir o modelo de negócio do escritório de Arquitetura é o segundo passo para ajudar a evitar o baixo faturamento. Com um escopo de atuação claro e bem construído, a empresa terá a oportunidade de desenvolver um planejamento estratégico eficaz e assertivo, alinhado ao crescimento que a empresa almeja.

Passo 3: invista em marketing digital.

Investir em marketing digital também poder ser uma ótima ação para eliminar o baixo faturamento de seu escritório. Se você tem o próprio negócio, e conta apenas com as indicações para conquistar novos clientes e projetos, talvez esteja na hora de você ampliar os seus canais de prospecção e de vendas.

Atualmente, o marketing digital tem se apresentado como uma excelente estratégia para o alcance desses novos públicos e novas oportunidades de trabalho. Em entrevista ao portal Pequenas Empresas, Grandes Negócios (PEGN), os arquitetos Julio Beraldo e Marcos Mendes, da INÁ Arquitetura, relataram o poder e a influência do marketing digital na conquista de projetos desenvolvidos pelo estúdio. Segundo os profissionais, o investimento em anúncios on-line atrai cerca de 70% dos clientes que chegam até o escritório. A trajetória de sucesso dos dois é um bom exemplo de como a visibilidade no mundo digital pode alavancar o fechamento de negócios das empresas, ajudando-as a saírem do baixo faturamento.

Passo 4: tenha um rígido controle financeiro

A saúde financeira de um escritório de Arquitetura, de qualquer porte ou área de atuação, nunca pode ser negligenciada. É fundamental ter total controle das entradas e das saídas, bem como provisionar adequadamente os custos de cada projeto, garantindo que haja lucratividade para empresa em todas as propostas.

Essa tarefa é realmente muito desafiadora e, ao mesmo tempo, fundamental para a continuidade e o crescimento de empresas que desejam que baixo faturamento nunca faça parte de seu vocabulário. Por isso, muitos escritórios de Arquitetura optam pela terceirização da gestão financeira de seus negócios, deixando esta importante tarefa a cargo de uma consultoria especializada. Para as empresas que não podem realizar este investimento, uma boa alternativa é fazer o uso de plataformas on-line de gestão e de controle financeiro, como o Conta Azul ou o ZeroPaper. Elas são ferramentas simples, de fácil uso e com um ótimo custo-benefício.

O que achou deste artigo com dicas para evitar o baixo faturamento em escritórios de Arquitetura? Deixe sua opinião no campo de comentários.

 VEJA TAMBÉM EM NOSSO BLOG

5 AÇÕES PARA O GERENCIAMENTO DE TEMPO EM PROJETOS

4 MANEIRAS DE EVITAR O ESTRESSE NO TRABALHO

5 DICAS PARA UMA REFORMA SEM ESTRESSE